segunda-feira, 6 de abril de 2009

CREIA E SEJA SALVO!

1. O homem procede das mãos de Deus!(Evolução? – Não, obrigado!)
Deus é o Criador do Universo e do homem. Não foi o acaso que formou a você. "Big Bang", mutações, evolução, etc., são somente tentativas de explicar a criação sem o Criador. Quando o homem entenderá, que as dimensões divinas da eternidade não poderão ser definidas com conceitos humanos? Somente a fé tem a "percepção" real.
"No princípio criou Deus os céus e a terra" (Gênesis 1.1).
"Pela fé entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das cousas que não aparecem" (Hebreus 11.3).
"Pois ele falou, e tudo se fez; ele ordenou, e tudo passou a existir" (Salmo 33.9).

2. Todo homem é pecador!("não há quem faça o bem, não há nem um sequer" – Romanos 3.12)
O pecado não é somente uma má ação; também não é só uma série de maldades. O pecado é a velha rebelião demoníaca no homem, a oposição a Deus. Ele é a rebeldia – o modo de vida e a maneira de ser. O homem não é pecador porque peca – ele peca porque é pecador.
"...mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás" (Gênesis 2.17).
"...a morte passou a todos os homens porque todos pecaram" (Romanos 5.12).


3. As tentativas de auto-salvação das religiões.(Muitos caminhos levam a Roma, mas somente UM a Deus!)
Nós faremos! Essas palavras são o começo de qualquer religião ou seita. As tentativas de auto-salvação estão condenadas ao fracasso. Logicamente, um perdido não pode salvar a si mesmo. Quaisquer respostas filosóficas contrárias apenas levam ao engano. O problema do pecado permanece. O que importa é somente o que Deus fez através de Jesus, não aquilo que o homem tenciona realizar. Diante de Deus não tem valor o que nós "produzimos", mas apenas a GRAÇA de Jesus!
"Viu o Senhor que a maldade do homem se havia multiplicado na terra, e que era mau todo desígnio do seu coração" (Gênesis 6.5).
"Disseram: Vinde, edifiquemos para nós uma cidade, e uma torre cujo tope chegue até aos céus, e tornemos célebre o nosso nome..." (Gênesis 11.14).

4. Você já tentou alguma vez cumprir os Dez Mandamentos?(Ninguém é capaz disso)
Os Mandamentos de Deus são bons! Eles foram dados para a vida. Mas a lei do pecado e da morte dentro do homem torna as falhas inevitáveis. Apesar de todos os esforços, o homem não tem condições de cumprir a lei de Deus. Diante de Deus, o pecado em pensamentos pesa tanto quanto o cometido. Quem é honesto tem de admitir que o pecado é mais poderoso nele do que toda a vontade de fazer o bem, que somos incapazes de realizar!
"qualquer que guarda toda a lei, mas tropeça em um só ponto, se torna culpado de todos" (Tiago 2.10).
"Maldito todo aquele que não permanece em todas as cousas escritas no livro da lei, para praticá-las" (Gálatas 3.10b).

5. A resposta de Deus à questão do pecado: Jesus Cristo!
O pecado causa a morte. Por isso, Jesus Cristo teve de morrer pela humanidade. Ele deu Sua vida em substituição como sacrifício remidor por cada um de nós! Portanto, a morte de Jesus na cruz do Calvário é a resposta salvadora para todo o que nEle crê. Jesus é o único nome pelo qual podemos e temos de ser salvos. Quem Lhe pedir perdão, vai recebê-lo. A graça é completamente gratuita. Ela é um presente a cada um que confessa sua pecaminosidade e que aceita o perdão. Somente Jesus é a resposta para este mundo!
"...carregando ele mesmo (Jesus) em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados" (1 Pedro 2.24).
"Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!" (João 1.29).

6. O tempo da graça. Hoje!(Você tem a escolha)
O homem que não está salvo, não alcança a glória de Deus. Ele permanece perdido eternamente. A porta para a nova vida chama-se Jesus. Receba a oferta de perdão das Suas mãos.
1. Confesse e conte-Lhe as culpas e pecados em sua vida.
2. Peça-Lhe perdão.
3. Confie em Sua promessa: "...o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora" (João 6.37).
4. Não esqueça de agradecer-Lhe pelo presente do perdão e de dizer aos outros que Jesus tornou-se seu Redentor e Senhor.
"Crê no Senhor Jesus, e serás salvo, tu e tua casa" (Atos 16.31).
"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça" (1 João 1.9).

7. Características de uma igreja fiel à Bíblia.(A questão do discipulado)
Jesus Cristo é o cabeça da Sua Igreja. A base da pregação tem de ser toda a Sagrada Escritura. Cada membro deve testemunhar que foi redimido somente pela graça, sem obras – exclusivamente pela fé! O fundamento da salvação eterna é o sacrifício expiatório substituto de Jesus na cruz do Calvário.
Deus fez de Cristo "...o cabeça sobre todas as cousas" e a "igreja a qual é o seu corpo" é "a plenitude daquele que a tudo enche em todas as cousas" (Efésios 1.22-23).
8. O que vai acontecer?(O melhor ainda virá!)
O céu é o lar de todos que foram salvos através do sangue de Jesus. Ele é o lugar de eterna felicidade em uma glória sem fim. Na presença direta de Deus não haverá morte, luto, doenças ou separações. Conforme as afirmações da Bíblia, o arrebatamento dos salvos é iminente!
"...seremos arrebatados... entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor" (1 Tessalonicenses 4.17).
"...Deus que vos chama para o seu reino e glória" (1 Tessalonicenses 2.12).
"E, se alguém não foi achado inscrito no livro da vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo" (Apocalipse 20.15).
"E irão estes para o castigo eterno..." (Mateus 25.46).
Escolha a vida!
"Crê no Senhor Jesus, e serás salvo, tu e tua casa" (Atos 16.31)."Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça" (1 João 1.9)

Justamente você precisa de Jesus!

QUE DEUS TE ABENÇOE E CONSTRUA UMA NOVA VIDA EM VOCÊ!

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.”
2 Coríntios 5.17