quarta-feira, 3 de julho de 2013

"PUFF-CENTRISMO"


“Senhores, por que fazeis isto Nós também somos homens como vós, sujeitos aos mesmos sentimentos, e vos anunciamos o Evangelho para que destas coisas vãs vos convertais ao Deus vivo, que fez o céu, a terra, o mar e tudo o que há neles”. 
Atos 14.15

Por Jefferson Paiva

Em um determinado dia, fui incumbido pela minha mãe, a realizar duas tarefas, limpar a varanda e passar o aspirador de pó na casa, pensei eu: “moleza”. A varanda ficou um brinco, e tudo corria bem aspirando a casa, quando de repente, deparei-me com o meu puff, que estava localizado no centro do quarto. Hora o fio enrolava no puff, hora o aspirador batia no puff, hora eu tropeçava no puff. Diante dessa situação me veio um lampejo: “Tire o puff do centro do quarto e ponha-o no canto”. Foi o que fiz. Pude então limpar o quarto em paz, então orgulhoso de meu feito, disse para mim mesmo: “Combati o bom combate, terminei a limpeza e guardei a fé”.
Diante dessa ilustração, verídica e confesso que exagerada, gostaria que pensássemos sobre, uma coisa em especial que pode servir como um empecilho em nossa caminhada cristã: o egocentrismo, que nada mais é do que a tentativa do Ser humano em ser o centro do universo. Nós temos momentos egocêntricos em nossas vidas, como se “Tudo tivesse que girar em prol de nossas vontades! Como se tivéssemos o poder de determinar algo para Deus e ele fosse obrigado a nos conceder!”. Pura ilusão! O fato é que, por vezes esquecemos de buscar a vontade de Deus e buscamos a nossa satisfação, esquecemos quem é o Criador de todas as coisas, esquecemos quem foi que abriu o mar, quem fez cego enxergar e mudo falar, acabamos por esquecer que a maior demonstração de poder de Deus foi na cruz, ou seja, o fato de esquecermos que Deus é Deus faz com que qualquer coisa que esteja no centro de nossas vidas que não seja Jesus Cristo, assuma um grau de importância tamanha, enfim tropeçamos. Ainda mais quando tentamos centrar nossas vidas em nós mesmos que somos pecadores, errantes e imperfeitos.
Centremos então, nossas vidas em Deus, pois somente Ele é onisciente (possui conhecimento absoluto), onipresente (está presente em todos os lugares) e onipotente (pode fazer qualquer coisa) e sabe o que é melhor pra mim e pra você. Foi necessário que o que é Eterno, irrompesse na linha do tempo (e não estou falando de Facebook), encarnasse e habitasse em nosso meio para alcançar a nós que vivemos na linha do tempo, e nos mostrasse seu amor e sua graça, para que pudéssemos então desfrutar de Sua Eternidade, mediante seu filho Jesus Cristo! Não menosprezemos o sacrifício que Jesus fez para comprar nossas vidas, tentando nós mesmos controlarmos nossas vidas. Tenhamos a consciência de que nada nessa vida é nosso, nem a nossa própria vida, pois é o Senhor quem dá a vida e também a toma de volta, tudo é graça, viver é um favor divino, então vivamos por Ele e para Ele.
Por fim, espero que deixemos de lado nosso egocentrismo, deixemos de pedir a Deus coisas vãs, coisas que são somente para a nossa glória. Tiremos os nossos puff’s do centro de nossas vidas, para que Deus possa ser o centro, para que possamos diminuir e Jesus Cristo crescer, para que o Espírito Santo possa ter a liberdade para fazer a boa obra em nós, portanto quer comais, quer bebais faça TUDO para a glória de Deus e somente Dele. Amém.