sábado, 13 de junho de 2009

O AMOR

1 Coríntios 13.2
" E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria."

AMOR, uma plavra tão pequena e de um significado tão grande...

O que falar do amor?

O versículo acima fala que se tivesse o dom da profecia, conhecesse
todos os mistérios e toda a ciência, e ainda tivesse toda a fé, de maneira tal que transbordasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. O amor, deve ser o sentimento mais importante na vida de uma pessoa, pois veja, o versículo fala que mesmo que tivesse toda a fé, se não tiver amor, de nada adianta . Gosto de pensar no amor, e interligá-lo a Deus. Em João 3.16 fala que "Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu filho unigênito para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna."
Dentre os inúmeros significados da palavra amor, gosto muito do termo se DOAR, veja, Deus amou o mundo de tal maneira que doou seu filho unigênito. Amar significa, cuidar, buscar, se doar ao outro. ..
Jesus dá muita importância a esse sentimento que é o amor, Ele diz em Lucas 10.27: "E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo."
Como você tem amado a Deus? De todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todas as tuas forças?
E ao teu próximo, como você tem amado? Como a ti mesmo?
O amor é um sentimento puro e verdadeiro.
Poderia falar muitas e muitas coisas a respeito do amor, mas seriam apenas palavras definidas pelo homem. Para traduzir melhor a palavra amor, deixo para os irmãos o versículo abaixo que descreve de uma melhor forma o amor:

1 Corítios 13 2-7

"E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.
E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta."

Que o Senhor nos abençoe e nos ensine a amar, um amor puro e verdadeiro, um amor que agrade o Seu coração.