terça-feira, 30 de janeiro de 2018

CONFORTO E SUPERFICIALIDADE

Por Pr. Rafael Gomes

No atual tempo de superficialidade em que vivemos, o status quo nos orienta a parecermos algo que, muitas vezes não o somos verdadeiramente.
É bem comum vermos nas redes sociais as pessoas transmitirem a ideia de que são felizes, bem sucedidas e vitoriosas em todas as áreas (ou quase todas) da vida. Isso não é verdade. Sabemos que não existe vida perfeita nessa terra, pelo contrário, neste mundo tereis aflições.

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

ISRAEL, CANAÃ E A VIDA CRISTÃ

Porém os filhos de Benjamim não expulsaram os jebuseus que habitavam em Jerusalém; antes os jebuseus ficaram habitando com os filhos de Benjamim em Jerusalém, até ao dia de hoje [...] Juízes 1:21

Por Pr. Rafael Gomes

O livro de Juízes narra um momento na história de Israel em que não havia uma liderança clara atribuída a uma figura, como houve no passado recente nas figuras de Moisés e Josué. É um tempo marcado pela expressão "Então fizeram os filhos de Israel o que era mau aos olhos do Senhor", onde constantemente o povo cai nas práticas pecaminosas, envolvendo-se na idolatria dos povos circunvizinhos.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

DEUS, O HOMEM E O CULTO

Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. João 4.22-24

Por Pr. Rafael Gomes
 
Esse é um dos textos mais conhecidos da Bíblia. A fala de Jesus à uma mulher samaritana.
Mas o que essa fala de Jesus tem a nos ensinar hoje? O que será que Jesus quis dizer quando mencionou a maneira como Deus espera ser adorado?
É importante entendermos que a fala de Jesus é extremamente relevante para nós nos dias atuais, pois vivemos em um tempo onde não há mais a devida importância à forma. Na verdade, hoje há uma espécie de "demonização" da forma, com falas do tipo: "o que vale é a essência, e não a forma".
Mas o Deus a quem servimos é um Deus formal, e que requer de seus filhos certa formalidade no culto a Ele.
E por que a necessidade da formalidade?

terça-feira, 7 de junho de 2016

FORTALECIDOS PELA GRAÇA

Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim. 2 Coríntios 12.9

Por Pr. Rafael Gomes

Mensagem ministrada na PIB em Jardim Novo Realengo
Bom dia a todos! Abaixo segue o texto esboço da mensagem pregada no dia 11/05/2016.

Introdução

Vários homens de Deus tiveram provas da grandeza de Deus ao longo da história, e por isso foram transformados de maneira intensa. Podemos lembrar-nos de Jó (Jó 42), Davi (Salmo 139), entre outros.

Precisamos viver na dependência de Deus. Na verdade, não há outro estado para o homem que não seja o de dependência de Deus. Temos a ideia errada de que aqueles que estão fora de Cristo não vivem na dependência de Deus. Como se Deus tivesse o controle da vida somente daqueles que o servem (na verdade, todos O servem, os justos e os injustos) 1.

domingo, 27 de março de 2016

PESSACH!

Por Pr. Rafael Gomes - via Facebook

Se para os judeus a páscoa representa a libertação do povo de um cativeiro terrível, semelhante aos cristãos a páscoa tem significado elevadíssimo, pois é a data mais importante a ser comemorado. Isso porque para nós, cristãos, essa data mais que simboliza, ela verdadeira marca o início de uma nova vida. A ressurreição de Jesus é o motivo da nossa fé, e ainda mais, é o selo da vitória sobre a morte. A ressurreição aponta para aquele grande dia, em que seremos ressurretos nEle, e com Ele adentraremos a eternidade, para habitar as mansões celestiais na presença do Altíssimo.