quarta-feira, 22 de julho de 2009

ATÉ QUE PONTO DEVEMOS OBEDECER A DEUS?

"Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disse: Mais vale obedecer a Deus do que aos homens." (Atos 5.29)
Você já sofreu algum tipo de ameaça na sua vida? Não nos sentimos muito confortáveis quando estamos ameaçados, acuados por alguma situação, problemas, pessoas, enfim, não nos sentimos bem quando estamos nessas circunstâncias. Pois é, não foi muito diferente com os apóstolos, porém, um ponto que vale destacar é o risco de morte que eles corriam por pregarem o evangelho.
Os doutores da lei já haviam alertado sobre a pregação do nome de Jesus para o povo (Atos 5.28), eles não queriam de forma alguma que os seguidores de Cristo continuassem a falar no nome de Jesus, pois para eles isso soava como afronta, além de pensarem ser uma doutrina enganadora para o povo.
Os apóstolos logo foram presos por pregarem a palavra de salvação para o povo, porém, foram libertos milagrosamente do cárcere por um anjo enviado do Senhor (Atos 5.19), que logo após os libertar, ordenou, em nome do Senhor, que continuassem a pregar o evangelho (Atos 5.20). Pedro e os apóstolos não titubiaram, pelo contrário, passaram por cima do medo das ameaças sofridas, e com muita ousadia foram ao templo (local muito visitado pelo povo) para continuarem a anunciação da palavra de Cristo, mesmo sabendo que suas vidas corriam perigo eles fizeram aquilo que Deus ordenara: "E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar e de anunciar a Jesus Cristo" (Atos 5.42).
Em nossos dias não é diferente, pois passamos por muitas provações, que tentam nos desviar do alvo e das ordenanças do Senhor. Muitas vezes nos vemos ameaçados por outras pessoas, de forma que nos sentimos acuados para pregar a palavra de Deus, muitos sentem até mesmo vergonha de se declararem servos do Senhor, pois têm medo do que as pessoas vão pensar.
Até que ponto estamos dispostos a seguir o que Deus manda? Será que a Igreja deixa de obedecer ao homem para obedecer a Deus? Até que ponto devemos obedecer ao Senhor? Será que valeria a pena sofrer pela palavra do Senhor, sofrer pela pregação do evangelho? A resposta para essa pergunta é sim, claro que vale a pena, e a palavra nos mostra o gozo que os apóstolos tinham ao sofrerem perseguição pela palavra de Deus: "Retiraram-se, pois, da presença do conselho, regozijando-se de terem sido julgados dignos de padecer afronta pelo nome de Jesus" (Atos 5.41).
Irmãos, é certo que o inimigo de nossas almas se enfurece quando começamos a pregar a palavra de salvação de Jesus Cristo, ele não pode suportar ouvir o nome do Senhor, e logo tenta contra nossas vidas, mas Jesus mesmo nos disse que "no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo" (João 16.33); as aflições e dificuldades fazem parte do caminho, mas temos a paz que excede todo entendimento, pois o Espírito Santo nos conforta e nos consola. Estamos sob a destra do Senhor dos Exércitos.
Vale a pena obedecer a Deus, independente das ameaças e dificuldades apresentadas diante de nossas vidas. Somos servos do Altíssimo. Aquele que Era, que É e sempre Será!

"Não temas diante deles, porque eu sou contigo para te livrar, diz o Senhor. [...] Porque eis que te ponho hoje por cidade forte, e coluna de ferro, e por muros de bronze, contra toda a terra, e contra os reis de Judá, e contra os seus príncipes, e contra os seus sacerdotes, e contra o povo da terra. E pelejarão contra ti, mas não prevalecerão contra ti; porque eu sou contigo, diz o Senhor, para te livrar." (Jeremias 1.8;18 e 19)