quarta-feira, 22 de setembro de 2010

O VERDADEIRO ALVO

"Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo." (1 Pedro 1.15 e 16)

Em tempos que se fala tanto sobre prosperidade, vitória, dinheiro e bênção, pouco se fala de santidade, renúncia, sofrimento e piedade. O materialismo tomou conta da sociedade, e não apenas no mundo secular, mas infelizmente os púlpitos foram contaminados.
Não sou contra a prosperidade do povo, não sou opositor à vitória, não sou inimigo do dinheiro (tendo este apenas como uma utilidade, e não como “senhor” da vida), e muito menos sou contra as bênçãos de Deus. Mas o que temos hoje é uma inversão do verdadeiro propósito do evangelho.

O que podemos acompanhar em nossos dias, seja pela televisão, rádio, internet, e outros meios de comunicação, é o mercado da fé, onde as pessoas são induzidas a darem o dízimo para receberem bênçãos materiais. Ou seja, é feito uma espécie de trato com Deus: “eu te dou o dízimo e você me dá uma bênção”. Isso é completamente errado!! Essa é uma doutrina completamente anti-bíblica e satânica. Estão se levantando falsos mestres, como Jesus havia dito, que vêm, supostamente, em nome dEle, mas para roubarem o povo. Esses homens estão interessados unicamente em suas respectivas contas bancárias, e vêem o rebanho de suas igrejas não como ovelhas, mas como cifrões.
A santidade não é mais pregada como deveria, e se esquecem de que sem ela ninguém verá ao Senhor. Ser santo é ser separado, é andar em processo de separação do mundo, e assim aproximar-se de Deus. Ser santo é buscar a cada dia a comunhão com Deus.
A igreja precisa ser santa, precisa andar em busca de sua santificação, pois nós somos a noiva de Cristo. O nosso Senhor é santo, e precisamos buscar a santificação por amor a Ele.
O evangelho da prosperidade é uma infâmia, uma mentira articulada por satanás para tentar minar a Igreja. Não se deixe ser levado pela voz do opressor. Não se deixe enganar pelos falsos mestres do nosso tempo. Busque a santidade, pois é ela que te fará se aproximar de Deus. Quem vive esperando vitória aqui nesse mundo perde o que há de ser revelado na glória. Buscai primeiro o Reino, e não as demais coisas (MT 6.33).

Deus nos ajude a viver segundo foi proposto pela Sua palavra.